quinta-feira, 14 de março de 2013

2 dedos de Prosa para o dia Nacional da Poesia


Hoje é um dia Feliz, um dia de comemoração como todos os outros dias, porém, também é um dia de reflexão para todos nós que trabalhos e dedicamos nossas vidas a pensar políticas e ações para o livro, leitura e literatura no Brasil, mais especialmente no campo da poesia.
A Poesia nos atinge, sejamos quem for ou de que classe for, é uma necessidade básica, um gosto e um deleite natural que vai crescendo em nós à medida que vamos desenvolvendo nossa linguagem, podemos constatar isso observando a pesquisa retratos da leitura do instituto pró-livro que apontou o gênero poesia como um dos preferidos entre as crianças, é como diria o José Paulo Paes: “Poesia é brincar com palavras”, mas parece que essa brincadeira não é muito bem vista pelo estado, pelo governo e pela educação nesse nosso país, onde existe um mito de que para adentrar ao mundo da poesia é preciso ser um iniciado, o detentor de um conhecimento especial. Balela!
Todos temos necessidades estéticas e poéticas, todos conseguimos entender compreender e sermos afetados, prova disso é nossa música que absorveu muito a poesia, pois infelizmente ainda não somos um país que desenvolveu a cultura do livro pelo simples fato que a literatura é algo perigoso e não é interessante nem para estado nem para o capital termos pessoas um pouco mais emancipadas.
Contudo, entre tantos dissabores, resistimos e existimos, espalhando poesia na vida das pessoas, fazendo da nossa vida um poema. Tenho a certeza de que esse caminho que eu escolhi não é um caminho vão, é um caminho de tentar fazer significar a vida das pessoas, o caminho da palavra, o caminho do amor.

5 comentários:

  1. Com certeza "esse não é um caminho vão" . Parabéns por sua escolha, por seu dia e por suas palavras. O mundo seria muito mais rude e cruel sem os "tus" ... agradeço a honra de tê-lo conhecido ainda em vida, na minha vida e na tua vida. Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cristina é uma grata felicidade andar juntos com cada uma de vocês. Abraços Poéticos

      Excluir
  2. Poesia nunca é em vão. Ela nos traz alegria, brilho, magia, satisfação. Nos faz refletir, pensar. O mundo seria muito mais feio sem ela. Parabéns pra vc Talles, que nos enriquece com seu trabalho lindo.
    Um abraço!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aline, fico feliz e com vontade de continuar essa "estrada tão mais cumprida", quando recebo retornos maravilhosos como o seu. Abraços poéticos

      Excluir
  3. Estou alegre por encontrar blogs como o seu, ao ler algumas coisas,
    reparei que tem aqui um bom blog, feito com carinho.Posso dizer que gostei do que li e desde já quero dar-lhe os parabéns, decerto que virei aqui mais vezes.
    Sou António Batalha.
    Que lhe deseja muitas felicidade e saúde em toda a sua casa.
    PS.Se desejar visite O Peregrino E Servo, e se o desejar siga, mas só se gostar, eu vou retribuir seguindo também o seu.
    http://peregrinoeservoantoniobatalha.blogspot.pt/

    ResponderExcluir

Decifra-me e devoro-te